Quando o assunto é saúde, nossas unhas podem passar despercebidas. O que muitos desconhecem é que sua coloração, textura e resistência podem servir de alerta para algo de errado no nosso organismo. Composta por uma proteína rígida chamada queratina, o aspecto das unhas podem estar associados a doenças sistêmicas, carência de vitaminas, distúrbios circulatórios ou o uso excessivo de produtos químicos, através delas podem ser identificados também problemas renais, pulmonares, cardíacos, anemia, diabetes, entre outros.

Nas unhas as doenças mais comuns são: unhas encravadas, infecções, traumatismos (causados com pequenos acidentes ou uso de sapatos apertados), manchas brancas, unhas negras, síndrome de unhas frágeis, etc.

No caso de unhas encravadas, remoção de tumores ou correções pode ser necessárias intervenções cirúrgicas. Em situações mais simples os tratamentos podem ser feitos através de medicamentos por via oral ou local como pomadas e produtos antibióticos na forma de esmaltes.

A Dra. Manuela enfatiza que todo e qualquer tratamento deve ser orientado por um dermatologista.

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?